quarta-feira, 6 de março de 2013

Metal Media News

Krow: Estamos diante de um clássico nacional?


O que transforma um álbum em um clássico do estilo? Tempo? Reação da mídia? Reação dos fãs? Vendagem? Muitas variáveis são levadas em conta quando se fala de transcender um mero trabalho autoral para algo acima de qualquer crítica, de qualquer dúvida. O KROW, com seu mais recente lançamento 'Traces Of The Trade', nos levanta esta perguntas e mais, este é um clássico nacional do Metal? No que depender da reação de crítica e público, sim, estamos diante de um clássico, o trabalho vem sendo elogiado tanto no Brasil quanto fora daqui, tem recebido notas máximas em vários meios e foi escolhido o álbum do ano em muitos destes veículos e votação popular.

Entre muitas citações e resenhas afora, podemos nomear algumas:

"Simplesmente imperdível!" - Metal Militia
"Tecnicamente o melhor do Death Metal" - Brutal Carnage (Rússia)
"Um dos mais pesados, extremos e técnicos discos que ouvi neste ano" - Rock on Stage
"Uma das melhores representantes do Death mineiro dos últimos anos" - Heavy Metal Brasil
"Uma das grandes potencias do Death Metal brazuca" - Hard and Heavy

(Luciana Santos/Leo Crosara)

'Traces of the Trade' teve a capa feita pelo artista Costin Chiorianu (Grave, Dark Throne, Demonical, Running Wild, Ava Inferi) e foi lançado no Brasil em formato luxo. Além do digipack especial, a capa contou com detalhes em verniz localizado, dando um toque único. Todo o material foi embalado ainda por um slipcase. O material contou com participação do baixista A. (da banda sueca Watain), Jack Will (Porcas Borboletas/Maldito Sudaka), Junior Nanji e Luis Maldonalle.

De 'Traces Of The Trade' foi também retirado um videoclipe para a música 'Retaliated', que pode ser assistido aqui:

Contato para shows e merchandise: krow@krowmetalzone.com


Lothlöryen: Novamente juntando artes à sua música


Depois de flertar com a sétima arte com seus dois videoclipes, agora o LOTHLÖRYEN flerta com mais uma das Belas-Artes Modernas. Trata-se da nona arte (sim, existem mais que sete), em que o grupo ganhou de um fã uma espécie de História em Quadrinhos - Gibi, para os mais 'old-school' - baseada na música 'Hypnerotomachia'.

Leko Soares explica um pouco sobre o conceito em cima da letra: "Em Hypnerotomachia, Poliphilo, o personagem principal se envereda em uma busca nos shonhos por sua amada Polia, sonha coisas fantásticas, presentes não só no imaginário do homem, mas em todo o ideal renascentista, ou seja, é um desprendimento das formas e dos métodos convencionais. Sugerimos ainda a possibilidade de a realidade ser apenas um sonho de Deus, como se esse fosse o enigma escondido atrás das gravuras e do simbolismo do livro." O artista responsável pelo trabalho é Clauber Casemiro. O estilo usado no HQ tem inspiração direta das imagens contidas no livro Hypnerotomachia Poliphili, que, a título de curiosidade histórica, foi um dos primeiro livros durante o período do Renascimento. Ele foi projetado e publicado por Aldus Manutius, o primeiro impressor profissional da Itália no ano de 1499.

(Hernandez 'El Toro')

A banda disponibilizou um pacote para download contendo os quadrinhos, a letra e a música. Para baixar basta clicar no link: www.metalmedia.com.br/lothloryen/downloads/lothloryen_hq.rar

Os bardos continuam na finalização das regravações de seu segundo álbum 'Someways Back No More' e em breve disponibilizará informações importantes sobre o que está acontecendo neste trabalho. Aproveite para conferir o mais recente videoclipe da banda para a música "When Madness Calls".

Contato para shows e merchandise: lothloryen.oficial@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário